Serviços Voltados Para Terceira Idade

Serviços Voltados para 3a Idade

Chegar à terceira idade é um momento e tanto! Ainda mais com o tanto de histórias para contar sobre aventuras e experiências vividas durante esses anos. Porém, para alguns, infelizmente essa pode ser a idade de maior fragilidade.

E, justamente por conta dessa fragilidade, é que passamos a ficar mais suscetíveis a cuidados por conta de motivos de saúde, tanto mental quanto física. Logo, pode ser que, nesse momento da vida, precisaremos contar com o apoio de nossa família ou profissionais que possam ajudar nesses casos.

Sendo assim, nesse artigo você ficará sabendo sobre os diversos serviços voltados para terceira idade, quais seus benefícios e importância.

Para que servem os serviços para terceira idade?

Nos últimos tempos, tem crescido cada vez mais o número de serviços voltados para o atendimento à terceira idade. Isso se deve ao fato de que a expectativa de vida do brasileiro aumentou e, com isso, acabamos por deixar de lado a ideia que a terceira idade é acometida pela falta de disposição para atividades ou problemas de saúde.

Por ser considerada a melhor idade, essa é a faixa etária onde muitos idosos procuram realizar mais atividades para não ficar muito tempo em casa. Assim, surgem cada vez mais oportunidades para participarem de grupos de dança, prática de esportes, ginástica, viagens, etc.

Os serviços para terceira idade têm o intuito auxiliar àqueles que já chegaram na terceira idade e encontram dificuldades ou problemas por conta da faixa etária. Além disso, esses serviços atuam com o compromisso de melhorar a qualidade de vida e o bem-estar do idoso de forma a contribuir com a sua saúde física e mental.

Quais são os serviços voltados para terceira idade?

O foco dos serviços dedicados aos idosos é o de proporcionar cada vez mais a integração social, qualidade da saúde, fisioterapia e a reabilitação cognitiva. Sendo assim, muitos serviços contam com uma equipe multidisciplinar e capacitada para atender quem procura por auxílio.

Pensando em te ajudar a conhecer os serviços mais úteis para quem já chegou à famosa “melhor idade”, preparamos uma lista com maiores detalhes sobre cada um deles. 

Veja a seguir:

1. Avaliação e eliminação de riscos nas residências

Os acidentes domésticos como quedas e deslizes podem prejudicar a vida do idoso, uma vez que diminuem sua autonomia. Portanto, é necessário que se faça uma avaliação do local onde o idoso reside para que sejam  eliminados os possíveis riscos à saúde do idoso.

Quanto mais fatores de riscos a residência do idoso apresentar maiores serão as chances de que aconteça alguma tipo de acidente, nesse sentido a avaliação e eliminação de riscos irá proporcionar um local mais seguro para o idoso.

A avaliação irá determinar quais os espaços da residência irão precisar de adaptações, a fim de promover maior autonomia para os idosos e evitar possíveis acidentes domésticas causados pela estrutura do ambiente.

2. Reforma para adaptação da residência 

Após a análise para descobrir quais são os principais riscos da residência do idoso é importante começar um processo de reforma para adaptação da casa. A adaptação da residência deve levar em conta às necessidades do idoso, sendo assim existem alguns aspectos que merecem mais atenção como, por exemplo:

  • Iluminação – é importante manter uma boa iluminação em todos os ambientes da casa, evitando a criação de manchas e sombras que podem confundir o idoso. Uma sugestão é criar um caminho de luzes aos locais que o idoso pode ir à noite como o banheiro e cozinha.
  • Circulação –  os locais de maior circulação devem ser repensados para ajudar o idoso a se locomover sem dificuldade, sugere-se que as circulações tenham no mínimo 1,20 m de largura, isso porque alguns idosos possuem cuidadores ou são cadeirantes, em relação às portas a altura deve ser entre 0,90 m e 1,00m. O ideal é que os espaços fiquem livres para a circulação, portanto tapetes, fios, cortinas longas entre outros devem ser removidos para facilitar a locomoção.
  • Altura dos móveis – assim como a disposição dos móveis a altura também é importante para que o idoso consiga alcançar todos os objetos que necessita, sendo assim a sugestão é que os armários da cozinha sejam adaptados para que o idoso não faça grandes esforços, as camas e sofás também devem ter uma altura que possibilite o idoso de sentar na cama e encostar os pés no chão. 
  • Banheiro – esse é um dos locais onde mais acontecem acidentes, dessa forma a atenção nesse ambiente deve ser redobrada. No banheiro é importante que haja algum tipo de material antiderrapante, como fitas ou até mesmo o piso, barras de apoio também são importantes para que o idoso possa se locomover com algum tipo de auxílio. A área do banheiro também deve ser livre para facilitar o acesso para cadeirantes, por exemplo.

3. Facilitador para idoso

É natural que o idoso necessite de cuidados com o avançar da idade, porém nem sempre a família consegue promover ao idoso o auxílio necessário e é nesse momento em que se deve buscar pela ajuda de um profissional. Entre os serviços prestados se destacam o cuidador de idosos, acompanhante de idosos e enfermeiro de idoso, todos esses profissionais atuam como facilitadores para vida do idoso.

No entanto, existem algumas diferenças entre as atividades exercidas por cada um desses profissionais. O cuidador de idosos atua na manutenção da saúde física e psicológica do paciente, tratando de cuidados como higiene, alimentação, horário das medicações e entre outros. Já o acompanhante como o próprio nome sugere trata de fazer companhia ao idoso, esse profissional deve se certificar que a qualidade de vida do idoso seja mantida e que o mesmo siga realizando atividades externas seja por lazer ou por questões de saúde.

Por último, temos o enfermeiro de idosos que é o profissional que possui a atenção centrada ao suporte a vida do idoso. O enfermeiro de idosos é solicitado nos casos complexos, nos quais o idoso necessita de, por exemplo, controle do sondas, limpeza e cuidados com ferimentos, alimentação via sonda e administração de medicamentos injetáveis.  

4. Turismo na terceira idade

Justamente por ser uma idade na qual as responsabilidades acabam diminuindo e a autonomia pode se tornar maior, o turismo tem se tornado bastante procurado pelos idosos.

Sem contar que, segundo pesquisas pela Booking.com, uma plataforma de turismo, os idosos do país têm se mostrado mais interessados em viajar para aproveitar o tempo livre de compromissos que terão na aposentadoria.

Com esse aumento na demanda na área, os idosos ganham cada vez mais espaço no turismo e as agências investem cada vez mais nos seus serviços para atendê-los com pacotes de viagem para todo lugar. Além disso, quem já está na melhor idade conta com diversos benefícios ao viajar como:

  • Descontos em eventos culturais, esportivos ou de lazer;
  • Direito à assistência especial no embarque e desembarque;
  • Preferência para assentos;
  • Prioridade ao acessar o transporte;
  • Transporte gratuito (em casos de baixa renda);
  • Descontos em passagens.

E você? Qual Sua Experiência com Serviços Destinados à Terceira Idade?

Post anterior
As Quedas na 3ª idade e a Diminuição na Qualidade de Vida
Próximo post
Perda de autonomia do idoso

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Preencha esse campo
Preencha esse campo
Digite um endereço de e-mail válido.
Você precisa concordar com os termos para prosseguir

Menu