Pets e companhia: A importância do animal de estimação para a autoestima na terceira idade

idosos e seu animal de estimação

Esses adoráveis companheiros e sua presença em nossas vidas

Os pets são uma companhia que alegra a todos ao redor. Na terceira idade não poderia ser diferente. Muitos idosos acabam por se sentir solitários e a presença de um animal de estimação é o que eleva o seu astral.
Para muitos, a companhia de um cachorro, por exemplo, pode ser uma forma de se manter ativo, pois os animais necessitam de passeios constantes. Segundo estatísticas, o número de pessoas idosas no Brasil vem crescendo.

“Segundo o Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE), em 2000 a população idosa com mais de 60 anos era de 14,5 milhões de pessoas, um aumento de 35,5% ante os 10,7 milhões em 1991”.

“(…) A expectativa é que, até 2060, este número suba para 73 milhões com 60 anos ou mais, o que representa um aumento de 160%” ¹

A presença de um bichinho é uma forma de manter a jovialidade e ação.

O pet como fiel companheiro do idoso

pets e idosos
Um amigo peludo de 4 patas é um ótimo companheiro no para uma caminhada

 

Sabemos que os animais são seres irracionais e os humano, racionais. Por isso, muitas vezes, se cria um estigma de que esses bichinhos não podem amar, não são afetuosos.
É claro que essa ideia é ilógica para quem é dono de um pet, pois é sim possível ver uma relação de carinho entre dono e animal de estimação.
Quando o assunto é a terceira idade, já é possível encontrar um grande de idosos com animais domésticos. E dessa amizade, pode nascer um laço de respeito e afeição.
Animais possuem uma forma única de demonstrar seu afeto e cabe ao seu cuidador retribuir. Afinal, pets são companhias que tiram as pessoas de suas rotinas e com os idosos não seria diferente.
Os ter como fiéis escudeiros pode ser um pontapé necessário para ter uma guinada na vida. A relação criada entre os dois é o apoio de ambos.
Na saúde de quem está na terceira idade, ter um pet como companhia é um divisor de águas dando motivação para as caminhadas diárias, fazendo o idoso estar sempre em movimento.

Benefícios de ter um pet como companhia na terceira idade

pets e companhia
É muita fofurice!!! Quem resiste?

 

Possuir um animal de estimação nos faz bem em diversos sentidos. No bem-estar, ficamos mais ativos e dispostos para completar nossos afazeres diários.
Os animais também são ótimos aliados no tratamento de doenças. A terceira idade é o grupo que hoje mais comprova essa tese. Nos Estados Unidos, é possível ter a visita de pets em hospitais.
Não muito longe, temos o caso do hospital Albert Einstein, o qual também foi liberada a entrada de animais domésticos. Essa iniciativa foi feita devido ao quão forte é a ligação do humano e de bichinhos.
Aos demonstrar afeto, o animal aumenta e muito a expectativa de vida do idoso. Abaixo você encontrará alguns dos vários benefícios de se ter um animal de estimação.

  • Ajuda no tratamento contra a depressão, que vem sendo uma das doenças que mais atinge os idosos. A presença do animalzinho traz a felicidade e o carinho necessários.
  • O estresse diminui. O dia a dia pode ser estressante e desgastante, mas os pets auxiliam no relaxamento e distração.
  • Estudos apontam que cachorros ajudam a detectar doenças, como o câncer, ao farejar a área infectada.
  • O animal doméstico melhora tanto a saúde física quanto a psicológica. Muitos afirmam que os animais são a razão de fazer com que eles se levantem todos os dias.

Quais animais domésticos são os mais indicados?

Não é qualquer animal que podemos ter em casa, apesar de alguns serem bem interessantes e amigáveis. Criar um cavalo dentro de casa é impossível, mesmo sabendo que esse animal é dócil e um ótimo aliado no tratamento de pessoas com autismo, por exemplo.
Mas não precisa ficar preocupado. Há diversos animais de estimação acessíveis.
Os bichos de estimação clássicos são: o cachorro e o gato. No entanto, existem várias outras opções, fazendo com que você tenha facilidade para escolher aquela que mais lhe agrada.
Aqui vai uma lista de alguns pets que podem ser criados em casa:

  • Aves, como: periquito, maritaca e papagaios;
  • Gatos;
  • Cães;
  • Peixes;
  • Hamsters.

Entre os animais mencionados acima, existem diversas raças para escolher. Há, também, vários abrigos pelo Brasil inteiro. Assim, você pode adotar um amiguinho escolhendo aquele que mais lhe agrada e ajudando a tirar um animal das ruas.
É importante lembrar que a escolha do animal também deve se adequar ao momento em que o idoso vive e sua condição física. Para uma pessoa que não pode sair muito de casa, pois se encontra em um momento delicado, é importante não escolher animais que precisem de passeios constantes.
Encontre o animal que mais atende às suas necessidades e o adote. Lembrando que o amor entre o idoso e o animal é mútuo. Sendo assim, tenha em mente que será um benefício para ambos. Lembre-se, também, de adotar com responsabilidade.

 

 

 

Post anterior
Adaptação de Banheiro Para Idosos, PcD e Toda a Família
Próximo post
Linha Lingerie Para Mulheres de 60+

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Preencha esse campo
Preencha esse campo
Digite um endereço de e-mail válido.
Você precisa concordar com os termos para prosseguir

Menu